segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Volta pra casa..

A viagem foi massa.. Me diverti, descobri que eu gosto de assistir MMA, vi amigos antigos, fiz alguns novos amigos.. Aproveitei o domingão com a família.. Despedi da mana, ganhei colinho e cafuné da mamãe (cafuné dela é o melhor do mundo), apertei o papito.. O JP é um anjo na minha vida.. Ele disse que não é anjo, pq anjo é um ser ASSEXUADO, mas como amiga eu posso chamá-lo assim.. Foi muito bom.. faltou a Nat.. e a Bel tbm.. Mas foi muuuito bom assim mesmo.. A moda dos meus pais agora é The Big Bang Theory.. Eu adorava essa série, mas jah tinha uma data que eu não assitia.. hehhhehehe..
A ressaca de domingo foi brava, mas tomei um chá de hortelã que a minha mãe fez, e passou o mal-estar rapidão.. Ela me disse pra ter esse chá sempre a mão.. Será que ela quis dizer que eu sou cachaceira??
É isso.. No mais, posso considerar a viagem uma das melhores dos últimos tempos.. E olha que eu nem gosto de Jataí.. hehhehehhee..

See Yaaa..

BjoO

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Fotinhas..







Essas são algumas.. Tiradas pelo celular.. Depois eu coloco as melhores.. hehehhe..

See ya..

bjoO

Só uma frase..

"Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade." (Confúcio)

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Viagem..

Sempre que eu escuto Legião é como se eu fizesse uma viagem no tempo.. Viajo nas letras, nas melodias, na voz do Renato, volto no tempo.. Tinha uns 10 anos quando comecei a ouvir Legião, sob influência da Natália (irmã).. Foi muito bom ter algo com que eu me identificasse tanto na minha adolescência.. As letras sempre foram perfeitas e as músicas me influenciaram muito.. Sobre amor, sobre problemas sociais, sobre política, sobre auto-conhecimento.. É estranho porque, mesmo depois de ouvir centenas de vezes a mesma música, cada vez que eu ouço é diferente.. Hoje, um pouco mais velha, eu vejo o mundo de uma forma diferente do que eu via há um tempo atrás.. Talvez a cada minuto, eu veja as coisas de uma forma diferente.. Em relação as músicas do Legião, cada vez eu identifico uma coisa, começo a viajar em alguma frase, fico lá, parada filosofando.. Renato Russo era foda mesmo.. Porque os gênios morrem cedo neh??
Só mais uma perguntinha pra hoje:
Porque a chegada do amanhecer não pode estar equivocada ao menos uma vez? O meu maior desejo é que a noite nunca tivesse um fim.. Minha maior vontade hoje é que não precisássemos fechar os olhos e nem apagar as luzes para inevitavelmente, ter que acendê-las pela manhã..

Ouvindo ~> Clarisse - Legião Urbana

See yaaaa...

bjoO

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Terça Insana.. hehhehee

Sabe quando você acorda, olha ao redor e vê todos os motivos do mundo para ser, senão a pessoa, uma das pessoas mais felizes do mundo?
"But I still haven't found what I'm looking for.."
Parece que é como se eu tivesse a sensação que estou vivendo um conflito interno a cada minuto que se passa, mas eu decido continuar sendo feliz. Mesmo quando parece que tudo vai desabar, que vai chover no meu quadro recém pintado.. Eu continuo lá, caminhando com meus fones de ouvido, olhando para todos os lados, vendo as cores do dia.. ou da noite.. as pessoas e suas expressões faciais tão estranhamente peculiares.
Algumas vezes acabo encontrando pessoas conhecidas (até hoje nas estatísticas, encontrei 2 pessoas de Mineiros, que não via há mais de 3 anos.. algo que seria IMPROVÁVEL considerando as remotas possibilidades..) Por muitas vezes já me peguei observando, sem o mínimo de escrúpulo, as pessoas que cruzam comigo. Quando volto a ter consciência, o olhar de curiosidade das pessoas em relação a minha própria curiosidade no que diz respeito a elas, é engraçado. Devem pensar: - O que essa doida perdeu aqui??
Já encontrei algumas pessoas que gostavam de conversar nos ônibus e nos terminais. Engraçado porque quase sempre são pessoas mais velhas do que eu, e quase sempre eu aprendo algo que ainda não sabia. E tudo isso começa simplesmente quando eu retribuo um sorriso que me foi "oferecido". Um dia, estávamos eu e um amigo no terminal, conversando sobre política quando uma senhora se aproximou. O assunto fluiu e foi engraçado porque, ela pegou o mesmo ônibus. Fomos conversando até no ponto onde a gente desceu. Eu e o Sam continuamos o assunto até chegar em casa. Se eu vir essa senhora novamente, saberei quem ela é, mas não me pergunte o nome dela.. hehehehhee..
Algumas vezes, estou mais afim de ouvir música enquanto volto para casa, ou quando venho para o trabalho. Eu tento fechar minha cara ou ficar olhando pro nada enquanto eu me concentro na particularidade de cada música. Às vezes, viajo tanto que me sinto dentro de um clipe. Não sei bem porque mais eu devo ter cara de quem gosta de conversar, o que normalmente não é um equívoco.
Sempre que eu imagino que vou ter uma volta solitária, engato numa conversa dessas.
Mudando de assunto,
Sabe o que eu realmente queria hoje?
Um chocolate-quente, pipoca, um filme beeem meloso, o colchão na sala com uma compahia bem agradável e um edredon beeem macio!! hehehe..
Sabe o que eu vou ter hoje?
Uma volta conturbada no 020 lotado, uma noite repleta de espirros (havia 2 anos que eu não sabia o que era ter rinite mais), água e paracetamol.
É, nem sempre é possível ter tudo o que queremos.. Aceitar isso é uma virtude..

(Nem acredito, 20 espirros depois e eu consegui terminar o post..)

Ouvindo ~> Thinking of you - Kate Perry

See ya..

BjoO

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Communication - The Cardigans

For 27 years I've been trying Durante 27 anos eu venho tentando
To believe and confide in Acreditar e confiar
Different people I've found Nas diferentes pessoas que eu encontrei
Some of them got closer than others Alguns chegaram mais perto que outros,
Some wouldn't even bother Alguns nem preocuparam
And then you came around E então você apareceu.

I didn't really know what to call you Eu não sabia como te chamar,
You didn't know me at all Você nem me conhecia,
But I was happy to explain Mas eu estava feliz em lhe explicar
I never really knew how to move you Eu nunca realmente soube como mover você
So I tried to intrude through Então eu tentei entrar pelos
The little holes in your vanes Pequenos buracos nas suas veias.
And I saw you E eu vi você.

But that's not an invitation Mas isso não é um convite
That's all I get! Isso é tudo que eu tenho!
If this is communication Se isso é comunicação
I disconnect Eu desconecto...
I've seen you, I know you Eu vi você, eu conheço você
But I don't know how to connect Mas eu não sei como conectar
So I disconnect Então eu desconecto

You always seem to know where to find me Você sempre parece saber onde me encontrar
And I'm still here behind you E eu ainda estou aqui atrás de você
In the corner of your eye No canto dos seus olhos.
I'll never really learn how to love you Eu nunca realmente aprendi como te amar
But I know that I love you Mas eu sei que eu te amo
Through the hole in the sky Pelo buraco no céu.
Where I see you Onde eu vejo você

And that's not an invitation E isso não é um convite
That's all I get! Isso é tudo que eu tenho!
If this is communication Se isso é comunicação
I disconnect Eu desconecto...
I've seen you, I know you Eu vi você, eu conheço você
But I don't know how to connect Mas eu não sei como conectar
So I disconnect Então eu desconecto...

Well, this is an invitation Bem, isso é um convite
It's not a threat Não é uma ameaça,
If you want communication Se você quer comunicação,
That's what you get É isso que você tem
I'm talking and talking Eu estou falando e falando
But I don't know how to connect Mas eu não sei como me conectar
And I hold a record for being patient E eu tenho... um recorde por ser paciente
With your kind of hesitation Com o seu tipo de hesitação.
I need you, you want me Eu preciso de você, você me quer
But I don't know how to connect Mas eu não sei como me conectar
So I disconnect Então eu desconecto,
I disconnect Eu disconecto.

See ya..

BjoO

sábado, 22 de agosto de 2009

Me dá licença pra xingar um pouquinho..

Caralho!!! Que raiva dessa desgraça!! Que infernooo!! Só porque hoje tem uma porra de um showzinho, eu gripei nessa merda de semana e a porra da minha voz tah fudida pra caralho!!! Parece brincadeira!! Deve ser de fundo emocional, só pode.. Algum puto fez um bonequinho de vodú comigo.. Cara, o unico motivo de ir nesse luau hoje era pra cantar.. e agora?? o que eu vou ficar fazendo lá?? nem beber eu não posso porque, se eu já to sem voz sem ter feito nada essa semana, imagina se eu beber.. vou demorar 1 mês pra recuperar a voz.. Cara, essa semana eu cuidei tanto.. Ensaiei só terça-feira pra poupar a voz.. Fiz questão de conversar menos, pra não desgastar.. Não cantei, não forcei, não dormi tarde, não bebi, não fiquei ao relento, não tomei gelado, não fiquei rindo demais.. Não fiz nada além de cuidar..
Mas dae, EU GRIPEI!!!!
Cara, que merda!!! E o pior é que não tem o que fazer.. Vou dormir hoje a tarde toda pra ver eu acordo melhor.. Não estou conversando, estou falando baixinho e o mínimo possível!! Quem sabe, um milagre do destino aconteça e eu acorde melhor mais tarde..
Mas como tudo na vida, tinha jeito de ser pior.. Já pensou se fosse o primeiro showzinho com cachê e eu tivesse que cancelar por estar rouca?? Com certeza seria muito pior..
Bom de qualquer forma, cantando ou não, eu vou.. Porque eu me programei pra isso, e eu detesto ter que mudar meus planos em cima da hora..
Mas que eu to grilada, eu estou!! hehehehhe..
Vamos ver o que vira.. Pelo menos tirar fotos, muuuuitas fotos eu vou.. hehehehe

See yaaaa..

BjoO

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Pensamentos..

Hoje estava ali no restaurante almoçando sozinha quando comecei a reparar em uma coisa.. Tem um senhor, que é cego, que almoça ali todos os dias.. Eu já tinho o visto no ônibus que eu pego pela manhã vendendo canetas, e outros "trecos".. Todas as vezes eu remexo na bolsa, encontro algumas moedas e dou para ele.. E ele sempre me dá uma lixa de unhas.. Já tenho 3..
(parêntesis: Acabo de ganhar uma bala toffees de cereja de um vendedor aqui da empresa.. adoro essas balas.. ele veio, deu boa tarde, perguntou se estava tudo bem, deixou a bala e saiu.. o engraçado é que eu não ia muito com a cara dele, mas ultimamente decidi tratá-lo melhor.. pensei que se ele não me tratava muito bem, poderia ser somente um reflexo da forma como EU tratava ele primeiro.. acho que eu tinha razão..)
Voltando..
O senhor veio caminhando no cantinho direito na parte interna da avenida, onde passam os ônibus, batendo a "varetinha" no meio-fio.. E, o restaurante fica do outro lado, logo, ele ia ter que atravessar a avenida.. Pra mim é fácil, porque além do fato que eu enxergo, se por acaso eu não tivesse enxergando hoje, eu saberia que quando acabasse o meio-fio, era a faixa de pedestres.. e bem de frente tem um poste onde a gente aperta um botãozinho para o semáforo abrir para pedestres.. Mas ele não sabe disso.. Porque ele nunca viu.. Então ele passou reto.. Eu parei de comer e comecei a me perguntar: Como ele iria atravessar a rua? Eis que surge um homem, em um estabelecimento alguns metros à frente do restaurante, atravessa a rua, pega no braço dele ajuda-o a fazer a travessia, e deixa-o em frente ao restaurante.. E no fim, ele ainda pediu desculpas para o cego por ter demorado a ajudá-lo..
O homem cego sentou-se, perguntou o que tinha para comer, pediu com muita educação para que a moça servisse um prato bem caprichado para ele e começou a tirar muitas, mas muuitas moedas dos bolsos.. Fiquei pensando em como ele conseguia contar as moedas sozinho porque, mesmo eu sabendo que cada uma têm formatos e tamanhos diferentes, se eu fechar os olhos não sei nem quem é quem mais..
Isso me fez parar para analisar quantas coisas simples eu vejo e não dou valor.. Eu perco o por do sol quase todos os dias.. O que este homem não daria para ver esse espetáculo uma só vez.. Eu posso ver um simples vento balançar as folhas dos muitos coqueiros da avenida por onde ele vinha caminhando, e ele mal conseguiu se localizar para atravessar a rua no lugar certo e no momento certo.. Eu posso ver o sorriso de uma criança num terminal como se ela não se importasse com as caras das pessoas ao redor, cada vez mais "carrancudas", e ele não pode ver que uma pessoa sorri a menos que ela emita algum som.. Posso ver as cores, os vídeos, as fotos, as paisagens, as pessoas.. Posso ver tudo, e mesmo assim, às vezes insisto em fechar meus olhos pra tudo isso..
Fiquei cega por alguns minutos em meio aos meus pensamentos que esqueci de terminar de comer. Quando voltei a enxergar, vi meu prato quase cheio e meu relógio marcando meio-dia.. é.. eu já tinha que voltar pro trabalho..
Complicado neh?

See ya..

BjoO..

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Vamos ver um filme?

De vez em quando é bom fugir ou encarar de frente a realidade um pouquinho.. Um filme não é nada se você não se entregar a história, se imaginar lá, vivendo dentro da tela, se identificando com personagens e situações.. Assim como um bom livro não é nada se não for lido por alguém que viage através de suas páginas..
Eu adoro cinema.. Adoro o ambiente escurinho, o som alto, as poltronas confortáveis, o som das pipocas sendo esmagadas, os casaizinhos aproveitando o momento, ver aquele ator lindo e "grandão" na tela.. Parece que lá a gente realmente consegue se entregar mais ao filme e ao momento.. Consegue viajar entre mundos normais, anormais, inexistentes, assustadores, tristes, apaixonados..
Um bom filme de romance, ou te faz chorar, ou faz você sair e querer encontrar o amor da sua vida na primeira esquina.. Tudo bem, que, 1 hora depois, a empolgação dá lugar à realidade..

Tem filmes que conseguem mecher tanto com a gente que algumas pessoas até adotam uma nova postura diante da vida depois de assistí-los..
Tem alguns que nos deixam uma semana sem conseguir dormir direito, mesmo a gente sabendo que alguns monstros, fantasmas, aliens e etc não existem (ou pelo menos ninguém do nosso ciclo de amizade viu algum de verdade)..
Tem filmes que nos fazem sair do cinema e comprar toda a coleção de livros para saber qual será o fim da história..
E tem aqueles que, mesmo a gente sabendo a história de trás pra frente, a gente ainda vai assistir..

Tem filmes que são esperados, e podem ou superar expectativas, ou ser uma "merda total"..
Mas, melhor ainda, é ir com alguém que seja uma boa compahia, que não conte o final do filme (se já tiver visto), que não fique conversando sobre outros assuntos, que desligue o celular e sobretudo, que goste de discutir sobre o filme depois de tê-lo assistido, analisando as melhores partes, dando ênfase aos detalhes e tentando descobrir qual a mensagem principal a ser passada..

Cinema é muito bom..
Acho que vou hoje, mas ainda não escolhi o que quero ver.. Vamos?? hehehehe..

See ya..

BjoO

terça-feira, 18 de agosto de 2009

SINCERIDADE

Hoje decidi falar sobre uma coisa rara nas pessoas. SINCERIDADE.

Achei muito interessante esses pensamentos e eu concordo com todos eles..


"Pouca sinceridade é uma coisa perigosa, e muita sinceridade é absolutamente fatal." (Oscar Wilde)

"Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são." (Willian Shakespeare)

"As pessoas fracas não podem ser sinceras." (François La Rochefoucauld)

"Fiquei magoado, não por me teres mentido, mas por não poder voltar a acreditar-te. (Friedrich Nietzsche)


Pensem nisso..

See ya..

BjoO


segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Traição

Tô grilada.. Porque sou solidária com as minhas amigas.. E se eu acho que uma foi sacaneada (mais de uma vez) na cara dura por um idiota que pensa que é esperto, a minha vontade e meter a mão na cara "dum" corno (que não foi ela quem corneou) desgraçado desses..
Na minha opnião, a traição não acontece somente quando as duas pessoas estão namorando, morando juntas ou casadas de fato.. Pra mim, mesmo quando as duas pessoas não têm um relacionamento sério (ou já tiveram e agora não têm mais), mas há envolvimento emocional, um afeto evidente de uma das partes, se a outra parte ficar com um terceiro, e negar (enganando, mentindo e iludindo a primeira parte) é traição. O que aguém que tenha o mínimo de caráter faz é abrir o jogo, assumir que pode ter falhado, que pode ter se apaixonado por outra pessoa, assumir que não ama mais e partir pra outra.
Bom é o que eu penso. Porque deixar, dar esperanças, às vezes até induzir alguém a gostar de você, se não é isso que você quer? Se nem mesmo você sabe o que quer na verdade? Pra alimentar seu ego? Que idiota faz isso com alguém com quem esteve junto durante alguns bons anos, se sabe que essa pessoa está sofrendo e vai sofrer ainda mais quando toda a verdade vier a tona? Que tipo de idiota não sabe que a verdade sempre vem.. Sempre chega, não importa o quanto tentamos esconder. Um dia, muitas vezes sem procurar, ela cai no nosso colo..
Na minha opinião isso é doença. Um homem que repete o discurso, cada letrinha, com todas as mulheres que encontra, é um completo idiota. Um homem que se rebaixa a ficar com uma mulher que já é comprometida, que já traiu ele, que o fez de idiota durante tanto tempo é um completo fracassado que não merece a ajuda de ninguém.
Espero do fundo do meu coração que o pipiu dele fique verde e caia, que os dedos apodreçam, que ele morda e engula um pedaço da sua língua enquanto conta as mesmas mentiras pra outra mulher. Resumindo, espero que ele fique 100% brocha pro resto da sua vidinha medíocre!!!
E pensar que ele quase me enganou.. E enganou uma das pessoas que eu mais considero nessa vida.. Mas eu acredito nela, na força de vontade, na felicidade que ela guarda por trás da máscara de tristeza aparente, acredito na bondade, na engraçada inocência dela, na sinceridade.. E eu sei, eu sei que ela vai sair dessa, e até mais rápido do que todo mundo imagina.. Ela só precisa de tempo..

See ya..

BjoO

domingo, 16 de agosto de 2009

Soneto da inconstância

De certo que tão pouco falaria,
se fosse lhe contar minhas certezas,
e o pouco expressaria tal clareza,
que várias vezes não entenderia.

E o que o seu olhar refletiria,
se não a minha trépida firmeza?
E me indagaria a tal dureza,
que até o pouco em mim se perderia.

O meu silêncio então me entregaria,
calado, em legítima defesa,
tão fraco que por fim me esconderia.

E viveria o apresso da agonia,
pois tem quaisquer dos bens por natureza,
a inconstância, a incerteza e a covardia.

Luis Carlos Felipe Júnior

Amigo, obrigada por isso.. Sem palavras..

See ya..

BjoO

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Post chato..

Tô tão cansada essas últimas duas semanas.. Tão cansada de tanta coisa..
Cansada de tentar sempre dar o melhor de mim em todas as situações, e quase nunca ser reconhecida..
Cansada de ser tão crítica comigo mesmo por ser criticada por outras pessoas..
Cansada de energias negativas ao meu redor..
Cansada de não ter o que eu quero, ter o que eu não quero, ou não ter nenhuma das duas coisas..
Cansada da indiferença das pessoas..
Cansada de gente mal-educada..
Cansada de me sentir observada sempre..
Cansada de dormir pouco e sentir sono, dormir muito e continuar sentindo sono..
Cansada de não ter ninguém pra "estralar" minhas costas..
Cansada de me sentir arrependida pelas coisas que eu faço sem pensar e, mesmo sabendo que posso me arrepender, continuar sendo tão imediatista..
Cansada de odiar rotina, mas ser inconcientemente metódica com algumas coisas tão bobas..
Cansada de não ter ânimo pra terminar de ler o livro que eu comprei um mês antes de ser lançado..
Cansada de sentir que os dias passam mais rápido a cada ano, e que não tenho mais tanto tempo como eu tinha antigamente..
Cansada de ter tanto espaço do lado esquerdo da minha cama..
Cansada de tantos pedidos de desculpas, tanto meus, quanto deles..
Cansada de quase sempre desistir das coisas..
Cansada de estar longe das pessoas que eu amo..
Cansada de ser tão pé no chão e às vezes tão "ridiculamente" sonhadora..
Cansada de estar reclamando tanto nos últimos dias..
Cansada de como pareço não ter aquele auto-controle que eu sempre achei que tivesse..
Cansada de todo dia estar a beira de ter um surto psicótico e descontar nas pessoas que eu mais gosto..
Cansada do quanto eu posso ser chata quando eu não quero ser..
Cansada de todas as máscaras que eu pareço colocar, tentado parecer pra mim mesma que eu sempre estou bem..
Cansada de ter saudades..
Cansada de perceber que eu não tenho total controle sobre mim mesma, o que é foda porque só prova que eu estou certa quando digo que sou a contradição em pessoa mesmo..
Cansada de parecer só mais uma numa enorme multidão de pessoas com rostos diferentes e interiores iguais..
Ainda bem que eu sei que é um estado de espírito que logo passa..
Nada que uma noite legal, na compahia dos melhores amigos, com uma cervejinha gelada e uma conversa fiada não resolvam..


Ps: Eu e a Fernanda odiamos as pessoas que aproveitam pra "limpar o salão" enquanto esperam o semáforo abrir.. heehehhehe

See Ya..

BjoO

Ouvindo ~> Couldn't Care Less - The Cardigans

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Frágil...

A vida é algo tão frágil.. Ao mesmo tempo que estamos todos aqui, felizes, sorrindo, amando, brincando, conversando.. Amanhã um de nós pode faltar e aí, não há o que fazer, o que falar.. Nada trará essa pessoa de volta..
Tantos planos, tantos sonhos, tanto a construir.. Nada resta, apenas um vazio..
E pra quem fica.. só restam lembranças.. Uma caixa, cheia delas.. e a certeza de nunca mais sentir o toque, o cheiro.. Nunca mais ouvir a voz, o sussurro, a respiração.. Nunca mais ver um simples piscar de olhos.. Nunca mais poder se desculpar, poder corrigir um erro.. Nunca mais tudo.. Nunca mais nada..
É triste como algumas coisas não são justas.. Pessoas boas não merecem tragédias..
É nessas horas que eu começo a duvidar de todas as certezas e fico me questionando sobre o que realmente importa nessa vida..

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

...

" I'm barely breathing but you "always" just see a smile..."

See ya..

BjoO

sábado, 8 de agosto de 2009

Escolhas..

Eu gosto de ter opções.. Mas não gosto de me ver obrigada a escolher de fato.. É complicado porque é sempre arriscado.. Tudo na vida tem dois lados, e quando você escolhe entre algo você assume a responsabilidade tanto se der certo, quanto se não der.. Vai ser questionado, julgado, assombrado pelas suas escolhas sempre.. Mas o que fazer se a vida é feita de escolhas? Escolhemos todos os dias, embora algumas coisas, dependendo da forma como encaramos, não pareçam ser totalmente responsabilidade nossa.. Mas são.. Até as pessoas com quem eu cruzo no meu caminho, são reflexo da minha escolha primária: qual caminho eu vou me arriscar a fazer hoje? Posso encarar aquele término como falha minha, ou como uma segunda chance de não repetir os mesmos erros.. Eu escolho se vou tomar todas para me sentir melhor pelo menos algumas horas, ou se vou passar a noite em casa analisando sobre mim e o que eu realmente quero agora.. Posso achar que minha semana estressante foi uma bosta, ou encarar tudo como aprendizado sempre.. Eu escolho se eu quero me arriscar naquele novo sentimento, ou se eu vou passar o resto da vida achando que minha chance de ser feliz já passou.. Posso me culpar por tudo de ruim que acontece na minha vida, ou simplesmente aceitar que é assim, que não é culpa minha e correr atrás para mudar as coisas que eu posso.. Eu escolho se hoje vou estar bem com todo mundo, ou se vou descontar toda minha raiva no primeiro que me disser Bom Dia..

Um sorriso muda muita coisa, um abraço faz milagres...

See ya..

BjoO

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

O que eu devo fazer??

Cara.. não faço a mínima idéia..
Ou eu estou me enganando muito, ou sei lá o que está acontecendo.. Só sei que: Eu devo fazer alguma coisa pra mudar essa situação.. Ficar assim, parada, sem fazer nada, só esperando não está dando certo.. Mas o que?? Não consigo pensar em nada que não seja estúpido, ou inútil..
É como se eu nunca tivesse passado por isso.. (na verdade, desse jeito, nunca aconteceu mesmo)
Não sei como agir, não sei o que dizer, não sei o que pensar.. Não sei nem mesmo se eu deveria pensar tanto nisso..
Que foda cara.. essa sensação de borboletas no estômago..
O medo que atrapalha tudo.. Medo de atrapalhar tudo.. Medo de estragar tudo.. Medo de estar sendo cega e idiota a ponto de colocar tudo a perder..
O que eu faço?? Arrisco ou fico esperando que isso tudo passe??

"O tempo passa... Mesmo quando isso parece impossível. Mesmo quando cada batida do ponteiro dos segundos dói como o sangue pulsando sob um hematoma. Passa do modo inconstante, com guinadas estranhas e calmarias arrastadas, mas passa. Até para mim!" (Stephenie Meyer - Lua Nova)

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Saudade

Hoje acordei melosa.. hhehehehhe.. Saudades de tanta gente.. Minha mãe e o amor incondicional.. e as piadinhas sacanas dela.. Meu pai, o amor e a paz de espírito que ele transmite pra mim.. A Nat, minha irmã, e suas conversas, sua voz.. A Rafa e seu movimento, seus conselhos, sua meiguice.. E a Bel? Nossa, saudadess da Bel, viu?? Da compahia, dos papos, dos luais, dos cavalos-de-pau.. hehehhe.. Da época do Potência.. Ao invés de estudar, a gente só ia pra escola.. hehhehehe.. Hummm, parece que até sinto o gosto do caldo do Parreiras, que era pra ser de carne de sol com catupiry, mas insistia em ter gosto de Fandangos!! Saudades da Jéssica, de ir pra Hípica todo fim de semana, pra ver os gatinhos.. Nessa época, a gente contava vantagem de quantos "foras" a gente dava nos muleques nas festas.. Passávamos um fim de semana inteiro a base de comédias românticas, pipoca, coca-cola.. Humm, as lasanhas da Glacy.. E jogar futebol na rua?? hehehhe.. era massa.. Bater na traseira dos carros em movimento era emocionante, principalmente quando eles paravam e davam ré.. Ai só via muleque pra todo lado correndo.. heheheh.. Meus avós, meus tios, sempre tentando me ajudar a "virar gente".. Bom, acho que alguns anos depois, aqui estou eu.. Nem sei se sou gente ainda, mas.. Acho os esforços não foram em vão.. Vovô José, que embora eu tenha tido pouca convivência, deixou muitas saudades também.. Saudades do Rio, da vovó e do vovô, das primas, dos tios, de todos os amigos maravilhosos (Juliana, Jean, Lipe, Pedro, Carol, Isabelle, Alessandra, Júlia, Bangu, Rômulo, PA, e etc), do cursinho, do Passeio Shopping, das praias.. até do Coxinha.. Lembro que na época, no dia do meu aniversário de 18 anos, fui no Passeio e comprei uma SKOL.. e cara, realizei um dos maiores sonhos lá: Subir a escada rolante que desce, e descer a que sobe.. Tudo isso antes do guardinha vir atras da gente!! hehehehhhe.. Lembro que a gente cuspia do corrimão da escada rolante só pra ver quem ia pegar?? EcooO.. hehehhehe... E as aulas de canto que me fizeram tão bem.. Meus colegas, meu professor querido Jader, que me ensinou tanto em tão pouco tempo e eu sei que jamais vou me esquecer da pessoa maravilhosa que ele é!! Os movimentos estudantis, que graças a Natália e a Rafaela terem se envolvido, eu também me envolvi, e aprendi muito principalmente a formar um espírito crítico sobre política, e os partidos.. As feiras de Ciências!! Nossa!! Que saudade!! A minha primeira banda.. foi num dia, totalmente normal, que eu descobri o sentido da minha vida.. Descobri o que me fazia me sentir totalmente completa.. Foi doido.. Nunca mais parei de cantar depois disso, mesmo que fosse só no chuveiro.. A Banda Tribus!! A melhor época da minha vida até hoje, sem dúvidas!! Instrosamento musical perfeito. Meus irmãos.. Pedro, Mr M, PC, Teta, Kleber.. Os ensaios.. Os pós-ensaios.. Os showzinhos, as viagens, as conversas, as brincadeiras, os sonhos.. Tanta coisa se passou e é tão bom sentir saudades de tudo.. Mas na verdade, o bom mesmo, é ter motivos pra sentir saudades de tudo..

See Ya..

BjoO

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Amizades...

A gente encontra tanta gente diferente durante a nossa vida.. Nos relacionamos com seres tão distintos.. Alguns parecem nossos irmãos, a gente briga muito mas sempre fazemos as pazes e conseguimos esquecer todas as desavenças... Alguns parecem almas-gêmeas, têm tudo a ver conosco.. Gostamos das mesmas músicas, mesmos livros, mesmos filmes, mesmas séries.. E alguns não têm nada a ver com a gente e mesmo assim, sem ter muita explicação, a gente tem tanta afinidade...
Acredito sempre em encontro de almas, sab? Tem pessoas que a gente vê de longe e já nao gosta.. E mesmo que tenhamos uma primeira impressão errada, parece que sempre fica aquela dúvida martelando lá no fundo.. Já tem pessoas que algumas horas parecem anos de convivência...
Já tem aqueles amigos que só a compahia já é tão agradável que a conversa não se faz necessária todo o tempo...
Analisando bem, acho que tenho quase todo tipo de amigos... Cada um com sua particularidade.. Cada um com seu espaço... No geral, todos importantes..
Aqueles que traem, nos ajudam a nos tornar um pouco menos inocentes..
Aqueles que são leais, nos ajudam a lembrar que existem algumas raras pessoas em quem podemos confiar..
Aqueles que gostam de uma fofoquinha, nos ajudam a entender o porque as outras pessoas também falam de nós..
Aqueles tímidos, nos ajudam a descobrir que algumas coisas simplesmente não precisam ser ditas..
Aqueles engraçados, nos ensinam a sorrir até nos momentos mais difíceis..
Aqueles "coloridos", nos ajudam a separar a razão da emoção, embora algumas vezes isso seja tão complexo..
Aqueles distantes, nos ensinam que a distância é um mero detalhe diante de um verdadeiro sentimento de amizade..
Aqueles presentes, que nem arroz de festa.. estão "quase" sempre ali pra tudo que vier e nos ensinam a não sermos tão egoístas..
Aqueles que nem sabemos que são nossos amigos, e que nos defendem quando menos esperamos..
Aqueles que gostam de sobressair sempre, e as vezes passam até por cima da gente.. Mas outras vezes são tão dóceis, tão fiéis, tão amigos que a gente até esquece como eles podem ser chatos quando contam vantagem de tudo..
Aqueles que são orgulhosos por ter a gente como amigo.. Falam bem até demais que acabam criando expectativas "furadas" nas outras pessoas..
Na verdade passaria uma eternidade escrevendo sobre cada tipo de amigo que tenho ou já tive..
Mas agradeço a cada um deles, porque cara, já passei pelas mais inusitadas situações que aprendi a dar valor a todo tipo de aprendizado que tive..

Obrigada a todos..

Vlw pelos coments Mamys, Rafa e Lipe..

See ya..

BjoO


"... Não quero medir a altura do tombo
Nem passar agosto esperando setembro, se bem me lembro
O melhor futuro este hoje escuro
O maior desejo da boca é o beijo
Eu não quero ter o Tejo escorrendo das mãos..."
".... Nada tenho vez em quando tudo
Tudo quero mais ou menos quanto
Vida vida, noves fora, zero
Quero viver, quero ouvir, quero ver
(Se é assim quero sim, acho que vim pra te ver)."

Bandeira (Ópio) - Zeca Baleiro

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Segundonaa...

Achei que estaria com mais sono hoje, mas não.. Tô ótima!!


Túlio: Não te xinguei hoje, não se preocupe que suas orelhas não vão esquentar!! hehhehhee..


Hoje o post será dedicado a uma das pessoas mais especiais na minha vida:


Rafaela, Rafinha, Yéia, Lela...

Hoje é seu dia e eu não me preocupo com os outros porque sei que você sabe que eu amo você todos os dias, e eu digo isso sempre que nos falamos. Não é só porque é seu aniversário, mas hoje é uma boa oportunidade pra dizer que: Cara, mais um ano se passou... no total até hoje 26 anos se passaram.. 22 deles, eu estive presente, embora às vezes somente em pensamento..
Aprendi e aprendo muito com você, minha querida irmã... Um exemplo, uma amiga, companheira, estressadinha, minha protetora, minha confidente, minha IRMÃ... Graças a você, sei muito bem o que essa palavra significa... Amo você, e amoO ter escolhido a nossa família pra voltar pro plano terreno...
Lembro que era você que sempre brincava comigo... Nunca me deixava de fora.. Brincou de Barbie até os 15 anos, só porque eu não tinha compahia pra brincar sempre.. Quando eu chorava, corria pro seu colo, e você colocava uma maaaaaanha (que minha mãe reclama até hoje)... Era você que acordava com aquele cabelo ameaçador de tão armado, e uma carinha meiga bem escondidinha lá no meio.. "Gosto muito de você, Leãozinho.." Foi você quem escondeu meu bikini na praia do Recreio e me fez voltar nua em pêlo pra casa (ainda bem que eu só tinha 3 aninhos, senão ia fazer o maior sucessão.. haahauahauhauahua)... Foi você que me tirou do berço assim que eu cheguei da maternidade em casa: "Mamãe, neném, mamãe... E quase matou a Dona Kátia-ça- do coração... Me ajudou com as matérias na escola, me defendeu quando foi preciso, me ensinou muito do que eu sei...
Tenho muito orgulho de dizer que você é minha irmã.. Mestre Rafaela.. chic neh?? hehehehhe...
Amo você e desejo que você e o Uzi sejam mais do que felizes no caminho que vocês escolheram.. E precisando daquele abraço, daquele conselho furado, de um cupido burro (pra alguma amiga por que você já encontrou seu par) ou de um sorriso, não esqueça que eu estou sempre aki..
Feliz aniversário, maninha!!


See ya!!


BjoO

domingo, 2 de agosto de 2009

É.. mais um dia..

Detesto TV.. mas gosto de filmes e séries.. Só que geralmente não tenho muito ânimo pra ficar lá sentada, sem fazer nada.. É muito passivo pra mim.. A gente senta, e eles jogam aquele mundo de informações (na maioria das vezes desnecessárias) e a gente só engole, porque já vem tudo mastigado.. Nem espaço pra ter uma opinião própria, eles não dão.. Por outro lado, fico por fora dos assuntos do café da manhã de segunda-feira.. Mas quem disse que eu preciso desses assuntos?? Gosto mais dos assuntos do almoço (de segunda a sexta e às vezes sábado) e dos assuntos da noite..
Sempre gostei mais da noite, e ultimamente tenho gostado ainda mais.. Por uma série de motivos.. A noite tem uma atmosfera mágica, surreal.. E tudo de melhor até hoje, aconteceu depois do crepúsculo.. De pior também.. Mas aí que tá! Há um equilíbrio e tudo se torna ainda mais cativante..
Será que sou meio masoquista mesmo?? Não sei se estou encarando as coisas da melhor maneira, mas cara, é complicado.. É muito complicado.. "Um dia da caça, e o outro do caçador..."
Afastar seria a melhor solução?? Mas e quando não se é tão forte pra isso?? E quando a necessidade de estar perto, sentir o calor, o frio, a corrente elétrica é mais forte que qualquer outro sentido, mais forte até que a razão??
Sabe quando a gente trava, cruza os braços só porque assim você tem mais controle sobre eles e não mete os pés pelas mãos?? Bom, assim eu faço.. Mordo os lábios pra não dizer o que eu quero, cruzo os braços pra não tocar no que eu preciso, sorrio pra não transparecer o nervosismo, sonho pra não encarar a realidade.. Fico imaginando coisas só pra não ter que abrir os olhos e ver que nada é como eu gostaria que fosse..
É realmente a TV não me faz falta alguma.. Em compensação..


See Ya!!


BjoO

sábado, 1 de agosto de 2009

"I won't let this build up inside of me.."

Tah complicado.. Mas, eu tenho controle sobre muitas coisas.. Tenho controle sobre isso também.. Daqui uns dias isso passa, e tudo volta ao normal.. Na verdade, não sei nem quando isso mudou, mas eu sei que o mais seguro era que não tivesse mudado.. É, definitivamente hoje não é um dia bom pra mim..

"Do you know where your heart is?
Do you think you can find it?
Or did you trade it for something
Somewhere better just to have it?
Do you know where your love is?
Do you think that you lost it?
You felt it so strong, but
Nothing's turned out how you wanted"


See ya!!

BjoO